Pode o café proteger de alguns tipos de cancro?

Apesar de controverso, há estudos que validam que o consumo de café pode diminuir o risco de alguns tipos de cancro.  Em 2016, a Organização Mundial de Saúde retirou o café da lista de produtos carcinogénicos. Portanto, há segurança no consumo de café e até potencial benefício. Assim sendo, o café diminui risco de cancro. Existem evidências científicas para alguns tipos de carcinomas. Vamos partilhá-las consigo!

Apesar disto, recentemente o consumo de café foi alvo de polémica!  Tudo isto, devido à acrilamida. Esta substância está presente na cadeia alimentar dos seres humanos. Ora, pois este produto é resultante do uso de altas temperaturas e tempos de cozedura prolongados dos alimentos (ex: batatas fritas)

Há suficiente acrilamida no café que coloque em causa a segurança? Poderá causar cancro?

Em primeiro lugar, é de referir que os estudos associados a esta polémica foram efetuados em animais alimentados com acrilamida. Para além disso, as quantidades impostas aos animais foram 1,000 e 10,000 vezes mais elevadas do que as que o ser humano está normalmente exposto. Portanto, não há estudos em seres humanos que demonstrem evidência de risco de carcinomas no organismo humano.

Há alguma evidência de maior risco de cancro nas pessoas que bebem café?

Uma revisão de mais de 1.000 estudos não encontrou nenhuma associação entre o consumo de café e o risco de cancro. Foram revistos estudos para mais de 20 tipos de cancro.

O café diminui risco de cancro?

Polémicas à parte, há numerosos estudos que apontam para o benefício do café, incluindo evidências que o café diminui risco de cancro.Ma então, quais são os tipos de cancro que o café ajuda a diminuir o risco?

Foram efetuados estudos em diversos tipos de carcinomas:

  1. glioma
  2. cancro da cabeça e pescoço
  3. hepatocarcinoma
  4. cancro de próstata
  5. cancro colo-retal
  6. carcinoma da mama
  7. melanoma
  8. cancro do endométrio

 

1. Glioma  (um dos tipos de tumores cerebrais)

Investigadores do Reino Unido, concluíram que os adultos que bebiam 5 ou + chávenas de café ou de chá por dia tinham um risco significativamente menor (-40% ).

2. Cancro da cabeça e pescoço

Um estudo internacional organizado pelo Head and Neck Cancer Epidemiology Consortium indicou que beber 4 chávenas de café por dia estava associado a um risco reduzido em 39% de cancro da faringe e orofaringe.

3. Hepatocarcinoma (carcinoma do fígado)

Maior consumo de café resulta em menor risco de desenvolver o tipo mais comum de cancro do fígado.

Os indivíduos estudados que consumiam de 1 a 3 chávenas por dia tinham um risco reduzido em 29% de desenvolver hepatocarcinoma. Por outro lado, os que bebiam 4 ou + chávenas de café por dia, tiveram o seu risco reduzido em 42%.

4. Cancro da próstata

Uma investigação em doentes com carcinoma da próstata revelou que o consumo de café estava associado a menor risco de recidiva/progressão. Assim, estas conclusões indicaram que a dose ajustada da probabilidade de risco foi observada entre ≥ 4 chávenas por dia e ≤ 1 chávena por semana.

5. Cancro colo-retal

Uma investigação revelou que os consumidores de 4 a 5 chávenas e os consumidores de + de 6 chávenas por dia apresentaram menor risco de cancro do cólon quando comparados com não consumidores.

6. Carcinoma da mama

Uma meta-análise efetuada incluiu 37 artigos publicados, envolvendo 59.018 casos de carcinoma da mama e 966.263 participantes. Nesta investigação, encontrou-se uma associação inversa entre o café/cafeína. Assim, o risco de cancro de mama diminuiu em 2% por cada 2 chávenas de café por dia e 1% por cada 200 mg/dia de cafeína. Esta relação ocorreu para risco de cancro da mama para mulheres na pós-menopausa.

7. Melanoma (cancro da pele)

Uma investigação efetuada nos EUA concluiu que o  consumo de 4 ou + chávenas de café por dia foi associado diminuição de risco de carcinoma maligno.

8. Cancro do endométrio (cancro do útero)

Investigadores de 3 estudos chegaram à conclusão que beber café várias vezes ao dia pode diminuir o risco de cancro do endométrio.

Um dos estudos apurou que as mulheres que bebiam 3 chávenas de café por dia apresentaram um risco menor (19%) de cancro de endométrio comparativamente às que consumiam apenas 1 chávena de café por dia.

Por outro lado, os dados indicaram que as mulheres que bebiam 4 chávenas de café por dia tinham um risco 18% menor de ter cancro do endométrio quando comparadas com as que não bebiam café.

Portanto, o Café diminui risco de Cancro!

Por último, relembramos que nesta época do ano se assinala a luta contra o cancro. Logo, estes dados parecem-nos interessantes para partilhar ! O café pode contribuir para diminuição dos carcinomas mais comuns. Beba-o!

 

Fonte:
www.sciencenews.org
www.stopcancerportugal.com